• Nélia Duarte

Tempo de recolhimento, de entrega e de bem estar - lá fora o mundo está perigoso

As notícias não são animadoras por estes dias. Estamos a viver uma pandemia, acaba de ser declarado Estado de Emergência e neste preciso momento surge-me no monitor a notificação de que a pandemia pode levar a uma perda de 25 milhões de empregos pelo mundo. Comecei hoje a quarentena social com interrupção para trabalho considerado necessário, para já não tenho sintomas de estar infectada, embora não esteja livre de o estar dada a minha actividade profissional, e isso já é assinalável.


Porque é urgente aproveitar o tempo de vida, resolvi hoje fazer experiências com giz de pastel seco que no dizer de Leonardo Da Vinci (registado como tendo sido o primeiro pintor a usá-lo) é um material elegante para pintar a seco;  e hoje, com o tempo húmido e previsivelmente chuvoso, o óleo não é o indicado para usar e, simultâneamente, manter o espaço de trabalho arejado.


O giz suja bastante e se no primeiro desenho tive um pouco de cuidado para não misturar demasiado pó pigmentado, nos seguintes abstraí-me completamente das características do meio para me concentrar no desenho. Como não sabia bem em que sentido devia ir, resolvi ensaiar sobre obras de arte dos mestres; dos meus eleitos. Gostei muito da experiência, a entrega foi a de sempre, com urgência no traço, riscando de primeira, sem hesitações, até porque o inconveniente do pastel seco, como dizem, é o de não se conseguir apagar.


[ mais desenhos aqui ]



[sobre a obra a óleo de Pablo Picasso "dois acrobatas arlequim e sua companheira"]

22 views

© Nélia Duarte  

Lagos, Algarve

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Vimeo Ícone

NÉLIA

DUARTE