• Nélia Duarte

Mudam-se os tempos

Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades é o primeiro álbum a solo de José Mário Branco gravado em Paris em 1971; um album de generosa qualidade. É também (e a ordem  é a dos meus afectos) um poema de Camões.  

[  Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,  Muda-se o ser, muda-se a confiança:  Todo o mundo é composto de mudança,  Tomando sempre novas qualidades. ]

Dei este título ao meu último trabalho porque foi ao executá-lo que senti, pela primeira vez e inequivocamente, o quão confiante no que faço me tornei ("muda-se o ser, muda-se a confiança" como no poema). Sem qualquer hesitação no traço, na escolha de cor, na alternância rápida entre pincel e espátula, na rapidez de execução . Também, porque a forma como a mão ergue o jarro de flores me trouxe ao pensamento cravos e Abril.

 

Este é o terceiro trabalho em que me uso como modelo. O primeiro, um auto retrato, pintei, como é hábito, sem estudo prévio (usei um espelho pequeno, articulado, de mesa) Para o segundo, <natureza ociosa>, fiz um estudo prévio a carvão sobre papel.  Neste último, fiz um desenho digital e daí parti para a ideia e para o óleo muito rapidamente, embora não tivesse essa intenção ao desenhar; estava só a desenhar...


#NeliaDuarte #artblog


53 visualizações

© Nélia Duarte  

Lagos, Algarve

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Vimeo Ícone

NÉLIA

DUARTE